Notícias

  • 06/12/2021

E-commerces seguem em alta mesmo com a reabertura do comércio físico



E-commerces seguem em alta mesmo com a reabertura do comércio físico

Um medo que os comerciantes das lojas virtuais, que aprenderam a se virar durante a pandemia de covid-19 e ganharam seu espaço como nunca antes, é que com a reabertura do comércio presencial suas vendas pudessem ser impactadas de forma negativa.

Esse medo, no entanto, não se concretizou e segundo dados do mês de outubro do Relatório Setores do E-commerce, elaborado periodicamente pela Conversion, agência de Search Engine Optimization (SEO), os sites do país mais acessados para comercialização de produtos receberam um total 1,69 bilhões de acessos, um aumento de 1,58% em relação ao mês de setembro.

Os dados apresentados derrubam a tese que o varejo virtual seria afetado e prejudicado com as lojas físicas voltando à ativa. A pesquisa ainda mostrou que o brasileiro acessa em média 8 vezes os sites de compra todo mês, sendo que cada acesso pode gerar a visualização de inúmeras páginas e produtos, de forma orgânica.

O relatório indica que os canais de preferência do público para chegar às lojas são diretamente (digitando o nome da loja, sendo 43,3% dos casos), pela busca no google sem patrocínios (28,1%), pela busca paga (19,3%) e o tráfego pelas redes sociais representam a menor fatia, com 3,1% do público utilizando este meio.

Reforçando a retomada do setor de serviços, a busca por temas relacionados ao turismo teve aumento de 9,36% em outubro, seguido por itens para Pets (7,47%), Cosméticos (3,42%), Ferramentas e Acessórios (3,03%) e por último Farmácia e Saúde (2,04%).

Fonte: Contábeis



Notícias Contabeis

Fique informado com nossas notícias